Apesar de algumas pessoas ainda pensarem na infertilidade como um “problema de mulheres”, cerca de 1/3 de todos os casos de infertilidade envolvem somente o homem. Ou seja, a infertilidade masculina pode ser a única razão para o casal não conseguir ter filhos.

Portanto, é crucial que os homens também sejam testados para infertilidade junto com as mulheres. E é importante que eles façam o exame mais cedo, pois por mais difícil que seja fazê-lo para alguns homens (provavelmente por vergonha), se realizado antes ele pode poupar ambos de desconforto e gastos desnecessários. É também uma boa forma de identificar e tratar potenciais problemas.

 

Fazendo o teste de infertilidade

 

A primeira coisa a se fazer com relação a infertilidade é ir ao médico, normalmente um urologista. Após um exame físico, o mesmo provavelmente irá solicitar uma análise do sêmen, que irá verificar a qualidade e a quantidade de espermatozoides presentes. A amostra deverá ser retirada no local ou em lugar próximo, pois é importante que a análise seja feita rapidamente após a coleta. Homens, por mais envergonhados que vocês possam se sentir, uma análise de sêmen é um teste comum e os resultados podem te poupar meses de preocupação e estresse.

 

Se a primeira análise for normal, talvez o seu médico solicite um segundo teste para confirmar os resultados do primeiro. Dois testes normais normalmente indicam que o homem não tem nenhum problema significante de infertilidade. Se algo der irregular na análise, pode ser que sejam solicitados outros exames para identificar o problema. Se neste ponto você ainda não estiver consultando um urologista, considere um especialista.

 

O que pode ser detectado na análise do sêmen

 

.Azoospermia: nenhum espermatozoide é produzido, ou não aparecem no sêmen.

.Oligospermia: poucos espermatozoides são produzidos.

.Problemas de mobilidade: se os espermatozoides não estão se deslocando normalmente, a chance de conseguirem fertilizar o óvulo é bem menor.

.Problemas morfológicos: quando os espermatozoides apresentam defeitos na sua forma ou estrutura.

 

Entretanto, ao mesmo tempo que essas condições podem ser a razão pela qual você não consegue conceber elas também podem ser causadas por outros problemas médicos. Para descobrir isso seu médico deve solicitar exames de sangue, urina e outros procedimentos relacionados.

 

Razões para a infertilidade masculina

 

Existem vários motivos para a infertilidade masculina. Algumas são causadas por problemas físicos que impedem os espermatozoides de serem normalmente ejaculados no sêmen, enquanto outras dizem respeito à qualidade e à produção dos mesmos.

 

 - Possíveis problemas de fertilidade masculina

 

.Doenças sexualmente transmissíveis ou outras infecções: infecções genitais como clamídia e gonorreia podem causar a infertilidade nos homens, o que normalmente é resolvido com o tratamento da infecção.

.Bloqueios, defeitos congênitos ou danos físicos: em alguns casos os homens nascem com bloqueios em partes do testículo ou outras anormalidades que impedem os espermatozoides de chegar no sêmen. Trauma físico nos testículos, próstata e uretra também podem causar problemas de fertilidade.  Dependendo da situação,  cirurgia pode corrigir o problema.

.Ejaculação retrógrada: nesse caso o sêmen não sai do pênis na ejaculação, mas ao invés disso entra na bexiga. Pode ser causado por diabetes,  algumas medicações e cirurgias na bexiga, próstata ou uretra.

.Doenças genéticas: apesar de raro, doenças genéticas como fibrose cística ou problemas nos cromossomos podem causar infertilidade.

.Problemas autoimunes: em alguns casos o sistema imunitário pode equivocadamente atacar os espermatozoides como se fossem um vírus estranho. Esse ataque pode danificar o esperma.

.Problemas hormonais: certos desequilíbrios hormonais – nas glândulas pituitária e tireoide, por exemplo – podem causar infertilidade. Seu médico pode sugerir tratamento com medicações.

.Problemas sexuais: disfunção erétil (impotência) e ejaculação prematura podem obviamente ter um efeito na fertilidade. A disfunção erétil pode ser causada por problemas psicológicos como ansiedade, culpa ou baixa auto estima. Também é causada por problemas como diabetes, alta pressão sanguínea, alto colesterol e doença cardíaca. Em adição, a impotência pode ser um efeito colateral de alguns medicamentos como antidepressivos. Converse com o seu médico sobre as formas de tratamento para problemas sexuais.

.Varicoceles: são amplas varizes que se desenvolvem no escroto e impedem o sangue de fluir apropriadamente. As varicoceles são encontradas em 15% dos homens e em até 40% daqueles que estão sendo analisados para infertilidade. Apesar de ser um grande fator na infertilidade masculina, estudos recentes questionam se a cirurgia para corrigir a varicoceles tem efeitos benéficos.

 

Outros Fatores da Infertilidade Masculina

 

.Exercício em excesso: estudos têm mostrado que se exercitar muito pode levar à uma grande produção de hormônios esteroides, o que afeta a fertilidade;

.Estresse;

.Obesidade;

.Uso de drogas, álcool ou tabaco: fumar cigarro, usar drogas como maconha ou cocaína e tomar esteroides pode reduzir a contagem de espermatozoides;

.Exposição à toxinas e riscos ambientais: pesticidas, radiação, substâncias radiativas, mercúrio e metais pesados podem afetar a fertilidade;

.Calor: apesar de o efeito ser normalmente temporário, altas temperaturas no testículos podem reduzir a produção de espermatozoides. Esse calor pode ser causado por roupas apertadas, frequente uso de bicicleta, ou pelo excesso de banhos quentes ou saunas.

  

Engravidando com a Infertilidade Masculina

 

Se você é um homem que foi diagnosticado com infertilidade, você deve conversar com seu médico sobre mudanças de comportamento que você pode adotar para aumentar as chances de ter um filho.

Se a sua contagem de espermatozoides for baixa, seu médico pode recomendar que você tenha menos relações sexuais para concentrá-los melhor no esperma. Você pode perguntar sobre vitaminas – estudos recentes descobriram que os homens podem melhorar a baixa contagem espermática ao tomar uma combinação de ácido fólico e zinco.

Se o nível dos seus hormônios é irregular, seu médico pode recomendar tratamento hormonal.  E se você tem ejaculação retrógrada, normalmente você pode tratar com remédios para a gripe sem receita (consultar o médico antes). Em alguns casos quando o homem tem um caso leve de infertilidade, a inseminação artificial ou outras técnicas de reprodução assistida podem ajudar.

 Um tratamento eficiente para a infertilidade masculina e baixa contagem de espermatozoides é uma forma de micromanipulação chamada Injeção Intracitoplasmática de Espermatozoides (ICSI). Este é um procedimento laboratorial no qual espermatozoides e óvulos são retirados de ambos os parceiros, e um único espermatozoide é injetado em um óvulo. O óvulo fertilizada é então implantado no útero da mulher.

 Já se o homem não tiver espermatozoides no seu sêmen, várias técnicas podem ser usadas para retirar diretamente do seu testículo. As taxas de sucesso são normalmente boas: 65% em algumas clínicas. Contudo fatores como baixa qualidade de esperma, baixa qualidade de óvulo e idade avançada da mãe reduzem as chances de se conceber. Outras técnicas que podem ajudar os homens com problemas de fertilidade estão sendo estudadas e desenvolvidas.

 

 


Vida Medicamentos
Vida Medicamentos
Vida Medicamentos

(62) 3216 - 3500

0800 722 3500

vendasmarista02@vidamedicamentos.com.br

Vida Medicamentos

Onde estamos

Vida Medicamentos República do Líbano

Av. República do Líbano Nº 990

St. Aeroporto

Telefone : (62)3216-3500

E-mail : vendas03@vidamedicamentos.com.br

CEP: 74070-040 - Goiânia(Goiás)

Vida Medicamentos Brasília

Edifício Medical Plaza, SHIS QI 3 - Bl C Lojas 04 e 05

Lago Sul

Telefone : (61)3366-3501

E-mail : contato@vidamedicamentos.com.br

CEP: 71.605-200 - Brasília(DF)

Vida Medicamentos Palmas

404 Sul, Avenida LO 11 Lt. 17

Plano Diretor Sul

Telefone : (63) 3322-6649

E-mail : gerentepalmas@vidamedicamentos.com.br

CEP: 77021640 - Palmas(TO)