A Hipertensão Arterial é uma das doenças com maior prevalência no mundo moderno e é caracterizada pelo aumento da pressão arterial. É chamada de "assassina silenciosa" pois geralmente não causa qualquer tipo de sintoma durante muitos anos até que um órgão vital seja afetado.

 A pressão alta ataca os vasos. Todos eles são recobertos internamente por uma camada muito fina e delicada, que é ferida quando o sangue circula com pressão muito alta. Com isso, os vasos se tornam endurecidos e estreitados e podem, com o passar dos anos, entupir ou romper-se. Quando isso acontece no coração, o entupimento de um vaso leva à angina e pode ocasionar infarto. No cérebro, o entupimento ou rompimento de um vaso leva ao derrame cerebral ou AVC. Nos rins também pode ocorrer entupimento, levando à paralisação dos rins. Todas essas situações são muito graves e podem ser evitadas com o controle da pressão alta. 

 

A doença causa diminuição da expectativa de vida e aumento da mortalidade de homens e de mulheres, e é o principal fator de risco para problemas cardíacos e aumento da probabilidade de doenças renais, derrames (acidente vascular cerebral), aneurismas e claudicação intermitente.

 

Entre 1981 a 1990, as doenças cardiovasculares foram a maior causa de mortalidade no Brasil, ultrapassando as decorrentes de fatores externos (acidentes e outros), neoplasias (câncer), e de moléstias respiratórias.

Em 1988, estimava-se que 15% dos indivíduos com mais de 20 anos e 35% com idade superior a 50 anos apresentavam pressões arteriais elevadas, o que corresponderia a pelo menos 10 milhões de portadores de hipertensão arterial.

 

Quais são os fatores de risco?

 

- Obesidade;

- Consumo exagerado de sal e de álcool;

- Sedentarismo;

- Má alimentação;

- Tabagismo;

- Stress.

 

.Como prevenir a hipertensão arterial?

 

A adoção de um estilo de vida saudável constitui a melhor forma de prevenir a ocorrência de hipertensão arterial.

 

Entre os hábitos de vida saudável sublinha-se a importância de:

 

Redução da ingestão de sal na alimentação;

Preferência por uma dieta rica em frutos, vegetais e com baixo teor de gorduras saturadas;

Prática regular de exercício físico;

Consumo moderado do álcool (um máximo de 30 ml etanol/dia nos homens e 15 ml/dia para as mulheres);

Cessação do hábito de fumar;

No caso dos indivíduos obesos é aconselhável uma redução de peso.

A ausência de quaisquer sintomas durante a fase inicial da doença faz da medição regular da tensão arterial um hábito a seguir. Todos os adultos, em particular os obesos, os diabéticos e os fumadores ou com história de doença cardiovascular na família, devem medir a sua pressão arterial pelo menos uma vez por ano.

 

Felizmente, já existem muitos medicamentos eficazes na redução da pressão arterial. Compete ao médico decidir qual o fármaco mais apropriado para iniciar o tratamento. Em alguns casos, não basta apenas um fármaco, sendo necessária uma medicação combinada. Noutros casos, os doentes não toleram a medicação indicada, pelo que devem contatar novamente o médico para que ele a substitua por outra.


Vida Medicamentos
Vida Medicamentos
Vida Medicamentos

(62) 3216 - 3500

0800 722 3500

vendasmarista02@vidamedicamentos.com.br

Vida Medicamentos

Onde estamos

Vida Medicamentos República do Líbano

Av. República do Líbano Nº 990

St. Aeroporto

Telefone : (62)3216-3500

E-mail : vendas03@vidamedicamentos.com.br

CEP: 74070-040 - Goiânia(Goiás)

Vida Medicamentos Brasília

Edifício Medical Plaza, SHIS QI 3 - Bl C Lojas 04 e 05

Lago Sul

Telefone : (61)3366-3501

E-mail : contato@vidamedicamentos.com.br

CEP: 71.605-200 - Brasília(DF)

Vida Medicamentos Palmas

404 Sul, Avenida LO 11 Lt. 17

Plano Diretor Sul

Telefone : (63) 3322-6649

E-mail : gerentepalmas@vidamedicamentos.com.br

CEP: 77021640 - Palmas(TO)